Skip to content

Rinite pode desencadear asma e agravar a doença

30/11/2009

Palestra da AMMG em parceria com a Abra-MG explicou como tratar a doença

Rinite é uma inflamação das mucosas do nariz que acomete cerca de 30% da população. Caracteriza-se por sintomas nasais como entupimento, coceira, espirros frequentes e secreção. No Brasil, a prevalência de rinite na infância (6-7 anos e 13-14) mostrou-se de 28,8 e 31,7%, respectivamente, em um importante estudo epidemiológico chamado ISAAC (International Study of Asthma and Allergies in Childhood). De 50 a 80% dos pacientes asmáticos têm rinite e cerca de 20 a 30 % dos pacientes com rinite têm asma, de acordo com o estudo ARIA (Allergic Rhinitis and its Impact on Asthma).

Para explicar a relação entre rinite e asma, os Departamentos de Alergia, Pediatria e Pneumologia da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), em parceria com a Associação Brasileira de Asmáticos de Minas Gerais (Abra-MG), promovem a palestra “Rinite x asma: o que é preciso saber?”. A alergologista Marisa Lages Ribeiro esclareceu asmáticos e familiares sobre como a rinite pode desencadear e piorar os sintomas da asma e como tratá-la. A platéia perguntou muito durante a palestra, que durou quase duas horas, pois a palestrante deixou a platéia bem à vontade para interrompê-la a qualquer momento. O clima informal ajudou muito e choveram perguntas. 

A médica afirma que a rinite habitualmente precede a asma, sendo considerada fator de risco para aparecimento desta doença. “A presença de rinite aumenta o risco de asma em três vezes, comparado ao risco da população sem rinite. Muitos acreditam que como a via aérea é única, o processo inflamatório é difuso e a rinite e a asma fariam parte de uma mesma morbidade que seria uma doença inflamatória das vias aéreas. O tratamento da rinite varia de acordo com a causa específica e com a gravidade do quadro. Entretanto existem aspectos que são comuns como a lavagem nasal com soro fisiológico e o uso de corticóide tópico nos quadros mais graves”.

A rinite pode ser classificada de várias formas. Quanto ao fator desencadeante: rinite alérgica, que está associada à exposição aos alérgenos como os ácaros, fungos e animais. Rinite infecciosa: associada aos vírus e à sinusite. Rinite medicamentosa: associada aos medicamentos vasoconstritores, usados para “desentupir o nariz”. Rinite vasomotora: associada à exposição ao ar frio, como ar condicionado. De acordo com a alergologista, a rinite alérgica é muito frequente no paciente asmático. No entanto, a maioria dos pacientes com rinite não apresenta asma. “O tratamento adequado da rinite muitas vezes é suficiente para melhorar os sintomas da asma, principalmente a tosse”, explica Ribeiro. A rinite pode também ser classificada de acordo com a frequência das manifestações em rinite persistente, que ocorre o ano todo, ou intermitente, que acontece esporadicamente.

“Apesar de não ser considerada por muitos uma doença grave, é significativa a repercussão da rinite não tratada sobre a qualidade de vida dos pacientes, havendo também interferência e agravamento de outros quadros associados”, relata Ribeiro.

Muitos pacientes apresentam um quadro de respiração oral em função da obstrução nasal provocada pela rinite. A respiração realizada pela boca favorece, por sua vez, uma maior frequência de problemas de garganta, distúrbios do sono, alterações do crescimento harmônico da face, problemas ortodônticos, alterações no crescimento, desenvolvimento, linguagem, postura e até dificuldades escolares. A alergologista alerta que em ambos os casos o médico especialista deve ser procurado.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Claudio fini permalink
    15/06/2012 14:44

    eu agradeço, pois bateu com todos os sintomas, já procurei o especialista que confirmou tudo, obrigado

    • ABRA/MG permalink*
      16/06/2012 07:47

      Prezado Claudio,
      É muito bom saber que ajudamos você e seu médico no diagnóstico do seu problema. Com certeza, você vai melhorar mais rápido.
      Abraços
      Corina Toscano Sad

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: